7 de set de 2015

A saga do silicone: exames pré-operatórios

Nos posts passados contei sobre a minha decisão de colocar silicone, a escolha domédico e a primeira consulta. Hoje vou contar um pouco mais sobre a bateria de exames que tive que fazer no pré-operatório, como foram os procedimentos e os valores. Tá bom? Então tá bom!

Então. Já na primeira consulta com o médico ganhei o requerimento para fazer diversos exames. Como não tenho plano de saúde, fiz tudo no particular, o que acabou sendo, no final das contas, um pouco salgado. Os exames solicitados foram eletrocardiograma em repouso, exames de sangue e ecografia mamária bilateral. Acredito que os exames possam ir de médico pra médico, mas os que o doutor Rafael me pediu foram esses aí.

Primeiro eu fiz o exame de sangue. Foi aquela coisa normal: você precisa estar em jejum, senta numa salinha e a pessoa tira um pouco do seu sangue para ser analisado no laboratório. Uma picadinha rápida, sem mistério. No dia seguinte o resultado do exame já estava pronto. Não sei os termos médicos corretos, mas no resultado constam informações sobre plaquetas, atividade coagulante, glicose, leucócitos e mais um montão de nomes divertidos, tipo bastonetes. O exame de sangue eu fiz na cidade em que moro, Estância Velha, no Laboratório Vida. Custou R$60,00.

O segundo exame foi a ecografia. Marquei no Centro Clínico Regina, em Novo Hamburgo, e custou R$150,00. O procedimento é bem simples também – e não é preciso estar em jejum nem nada do tipo. Eles recomendam que você leve exames anteriores que tenha feito das mamas, caso você possua algum. Enfim. Entrei em uma salinha, tirei a blusa – o que estava começando a virar recorrente na minha vida hahaha -, vesti um aventalzinho do hospital com a abertura para frente e deitei na cama/maca. Daí é basicamente como a ecografia das grávidas: o doutor (no meu caso, doutora) passa um gelzinho gelado e analisa com uma maquininha. Feito. O resultado ficou pronto poucos minutos depois, no mesmo dia.

Por último, mas não menos importante, marquei o eletrocardiograma em repouso, também no Centro Clínico Regina. Não me lembro direito, mas custou entre R$80,00 e R$100,00. Eu falei que não tinha sido barata essa brincadeira... O procedimento também é bem simples e bem rápido. Tive que tirar a blusa e a meia-calça, mas pude ficar vestindo o resto – saia e roupas íntimas. Deitei na cama/maca e a doutora colocou em mim uma série de eletrodos, alguns no peito, outros nos pés e nas mãos. Daí é preciso ficar deitado e bem relaxado, enquanto a aparelhagem faz o seu trabalho. Pronto. Minutos depois o exame estava pronto e pude ir embora.

Com esses exames em mãos, marquei a segunda consulta com o cirurgião. Quer saber como foi? Eu conto no próximo post :P

Para acompanhar toda a saga até agora:

Beijo e até mais! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoro comentários! Vamos conversar?