16 de abr de 2012

agora eu sei fazer pão


Então, num desses sábados aí, fui a Porto Alegre, para fazer um curso chamado “Pães Para Preguiçosos”. Esse curso de um dia só fazia parte de um festival de workshops, o Nós Lab – que rolou entre os dias 15 de março e 4 de abril de 2012, no Nós Coworking, em Porto Alegre. Teve curso de tudo o que é coisa. De pão, de arquitetura de informação, de tendências e consumo, de branding... Etc etc etc. Eu optei por fazer dois: o de pães e um sobre nadismo (no próximo post eu vou falar mais sobre isso).

Pensei que eu ia aprender mais teoria. Fermentos, tipos de pão, etc e tal. Mas não. Quer dizer, aprendi essas coisas sim – mas coloquei a mão na massa, literalmente.

Havia várias mesas. Nelas, vasilhas, colheres e sacos de farinha. E então fomos convidados e nos aproximar das mesas, ver os ingredientes, começar a misturar e... bem, quando vi, tinha pão pronto pra ficar crescendo e depois ser assado! E enquanto ele crescia, piquei tomates e rasguei folhas de manjericão. Fizemos ali bruschettas deliciosas e crocantes. Tô louca pra tentar em casa. Daí eu conto como foi. :-)

Quem ministrou esse curso foi o Pedro Biz. A história dele é bem interessante: ele não é padeiro, como muitos poderiam imaginar. Ele é designer e se jogou na arte de fazer pão por causa da avó dele. Que legal, né?

Mas e aí, quer aprender a fazer pão? Espaço culinário no Blogando com Nicole! Vem gente!

Pra fazer é mega simples. Primeiro você mistura os sólidos. Fermento, farinha, sal. Depois, vai colocando a água devagarzinho. Mistura bem, depois toca na mesa (coberta com farinha) e sova. Mas sova bem, hein? Uns 10 minutos nisso, até a massa ficar lisa e elástica. Depois coloca a massa numa forma untada e deixa crescer por mais de uma hora – ou até a massa ficar no dobro do tamanho dela! Por fim, forno! Uma hora – ou um pouco mais – assando e... HORA DE COMER! Capriche na margarina e já eras! :)

Pão quentinho e delicioso, sinônimo de gente feliz! :-)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoro comentários! Vamos conversar?